Vinil, fibra ou azulejo?

 Veja as vantagens de cada tipo de piscina

Ter uma piscina é o sonho de vários que compram um agrupamento em um condomínio ou um terreno para desenvolver sua casa de campo ou de praia. Na momento de acudir-se atualidade este projeto, surgem dúvidas sobre qual é o melhor forma de piscina, já que há distintos modelos.

A escolha precisa ser ensejo de acordo com a ancianidade que você delonga que a piscina tenha, afirma José Analha Todescato Sobrinho, amo de uma construtora de casas de veraneio e do espaço de acidentes “Baiuca Amor Amplidão”, os dois na município de Lins, no interior de São Paulo.
Para ele, é fundamental que uma piscina de azulejo para acidentes, como a que ele projetou em seu baiuca, tenha rampa de acesso para cadeirante, barras de ajuda e possua andar antiderrapante de excelente qualidade para idosos e indivíduos com cinesia reduzida.

Piscina de Vinil:

Esforço baixo, é bonita e é a que mais se vende nos dias de hoje. As desvantagens são que ela é mais rúptil e possui um tempo de vida benéfico limitado. “Se indivíduo coça em uma tampinha de botelha dentro da piscina, por adágio, ela corta o vinil e vai ter escoamento. Isto gera um esforço de preservação pra levar toda a água”, explica.

Em média, com a aclaramento do astro do interior e os itens para tratamento da água, a piscina dura entre nove e dez anos. Uma piscina de 6m x 3m custa cacuri de R$ 9 mil, apenas o vinil. “Se a cada dez anos você possui um esforço deste, acho que encontra-se caro ao prolongado do tempo”, afirma.

Piscina de Fibra:

Ela é toda de fibra de vidro, como se fosse uma caixa d´água grande. Esse modelo é melhor que a de vinil, porém é complicado carregar por causa de ao dimensão. Este material similarmente pode deformar no momento em que esvaziado. Outro ponto contraproducente, de acordo com o construtor, é que a aba é bastante lisa e se torna escorregadia.

Com a aclaramento do astro e com os itens para alimentar a água, ela similarmente pode ressecar. O tempo de vida benéfico dela é de cacuri de 15 anos.

Piscina de azulejo:

Ela é 35% mais cara que a de vinil, no entanto é a mais recomendada em termos de durabilidade. A grande proveito é que pode remover a água, admoestar e alimentar a piscina, sem prejudicar a ancianidade.

Analha orienta que se coloque pedra no chão ao aproximadamente da piscina, não andar, inclusive se for antiderrapante. “No momento em que você sai da piscina, o pé está úmido e a pedra, por qualidade, chupa a água.

Você acontece 3 passos e seu pé está seco. Pisos modernos impermeabilizantes não abrange esse quantidade de absorvência”. A pedra precisa ser colocada pelo pouco 1,5 m ao aproximadamente da piscina. O material pode ser goiana ou mineira, exemplifica o construtor.

Casa de Máquinas

O construtor recomenda que a casa da equipamento da piscina seja externa, não subterrânea como comumente é ensejo. Esse modelo também não é bastante popular e na município no qual mora ele foi o antecessor a adotar a ideia. Analha explica que a casa de máquinas subterrânea acumula ácaro e umidade, o que atrai barata e escorpião.

O acesso é complicado e enche de água no momento em que chove. A casa de equipamento externa possui uma estrutura similar a uma cabina de animação. Analha diz que ela é mais possível de apurar e, como pode ser instalada uma cadastro com as cores dos registros na taipa, similarmente é mais simples controlá-los.

A única diferença na estrutura é uma válvula de acúmulo, que faz com que o abacaxi esteja constantemente abarrotado de água. “Toda vez que a bomba entrar, o abacaxi está abarrotado de água, a bomba não pega ar e a ventuia não executa seca. No momento em que ela trabalhar seca, a bomba estraga”, explica.

Há como cogitar a porção de cloro que a piscina recebe cada semana, com um timer no propulsor. Isto é válido visto que há indivíduos que não vão constantemente às casas de veraneio, porém com este recurso são capazes de preservar a piscina bem fraude. Melhores sites de piscinas;