O que você precisa saber sobre persianas!!

 

Persianas

Parecido simples, porém preferir cortinas para criar o décor da lar requer um correto conhecimento e também orientação correta. Usualmente, elas são a última lanço do projeto, nem mais nem menos para arrematar o concepção da decoraçãoUma escolha errada e também lá vai embora todo o trabalho e também, de ruptura, a simetria do espaço. Outrossim, elas são responsáveis pelo controle da luminosidade e também até pela proteção de móveis e também objetos.

Nesse contexto, as persianas aparecem como as opções mas práticas e também versáteis, porque se encaixam em diversos projetos, do living à cozinha, do quarto à varanda. Porém não é o sabor pessoal que deve reger a escolha. Ao se enamorar por um protótipo, é preciso analisar se este se adequa ao espaço. “Há ambientes que não comportam tecnicamente aquele resultado tão sonhado”, alerta Alice Amorim, diretora da Amorim Persianas. Então, é preciso ter boa orientação. “O protótipo possui de se apropriar ao sabor, à solução, à proteção e também à decoração da mansão ”.

 

A boa notícia é que existem no mercado diversos tipos e também materiais – e também um deles, com probabilidade, vai se encaixar técnica e também esteticamente no projeto. Aliás, enquanto o engenheiro gálico Pierre Le Fou (1804-1850) inventou a persiana em 1824, nunca imaginaria que seu acontecimento, ocorrido por eventualidade, teria sucesso a marca de evoluir tanto. Tudo começou enquanto Pierre tentava desenredar um jeito de sofrear o movimento das águas de um pequeno regato na propriedade de seu pai, na área da Côte d’Azur, na França. Este fez vários testes utilizando diferentes métodos, sem conseguir resultados positivos. Até o momento que veio um insight: poucas madeiras reguláveis, atravessadas de uma margem a outra do ribeiro, poderiam diminuir e também fiscalizar o fluxo da chuva exclusivamente movimentando-as. Este construiu, portanto, uma maquete de algodão brunido com cordas para remexer as lâminas. Terminado o projeto, sua senhora pendurou o invento em uma janela a termo de secar a goma e também, ao movimentar as “lâminas”, descobriu que poderia fiscalizar a luminosidade do envolvente. Surgia lá a persiana, que ganhou esse nome em homenagem a seu inventor, das quais sobrenome de puerícia era “Persi”.

 

A começar de logo, os avanços foram enormes. “ Hoje em dia temos persianas com ciência para conformar às necessidades de todo envolvente ”, afirma Rita de Cássia Tancini Camilo, diretora de marketing da Luri Decorações, revendedora da trabalhador Luxaflex Hunter-Douglas. A diversificação de modelos está em três classificações, segundo Graziella Castanheira, da Uniflex: as que sobem e também ficam recolhidas na secção superior, como a rolô e também a romana; o padrão quadro, que, em vez de subir, se movimenta para as laterais; e também as persianas basculantes, que podem nivelar a ingresso da quantidade de iluminação com um remoinhar de suas lâminas.

 

 

 

Leave a comment

Your email address will not be published.


*