O que é um Drone

Drone

Drone é um termo para se acusar a um veículo voador não tripulado ou a toda aeronave sem administrador embarcado. Originalmente essa palavra era usada somente para os grandes aviões militares não tripulados, como o mais conhecido Predator. Hoje em dia a conjunto de meios de comunicação começou a utilizar essa palavra para apontar os aeromodelos rádio controlados com mais de um rotor, como os quadricópteros. Alguns similarmente chamam os quadricópteros (e afins) como drone civil.

O drone quadricóptero foi uma evolução na série de aeromodelos. No início apenas existia aviões de abrasamento pilotados via amarrilho, em seguida chegou o controle afastado. Em seguida vieram os helicópteros. E com as modernas baterias permitiram que esses mesmos equipamentos pudessem se acudir-se elétricos, reduzindo bastante o esforço maior parte do equipamento. E com a aparecimento de sensores e micro-controladores, tornou-se possível desenvolver um equipamento com maior agilidade de pilotagem por ter estabilização própria e mais de uma caracol essencial.
Por causa de à amplo porção de termos, como:

1. bicóptero

2. bicopter

3. tricóptero

4. tricopter

5. quadricóptero

6. quadcopter

7. quadrotor

8. quad rotor

9. quadrocopter

10. quads

11. quadri

12. hexacóptero

13. hexacopter

14. hexcopter

15. octocóptero

16. octocopter

17. hexecopter

18. multimotor

19. multirotor

20. multi axis

21. multiaxis

22. multicopter

23. multicóptero

24. VANT (veículo abstrato não tripulado) – vant

25. RPA (Remotely Piloted Airplanes ou Aeronaves Remotamente Pilotadas) – rpa

26. RPV (remotely piloted vehicle ou veículo pilotado remotamente) – rpv

27. MAV (micro air vehicle ou micro veículo abstrato) – rpv

28. UAV (unmanned aerial vehicle) – uav

29. UAS (unmanned aerial system) – uas

30. UCAV (não se aplica, significa unmanned combat air vehicle ou aeronave aérea não tripulada de batalha) ucav Por isso a palavra inglesa drone de possível acento veio para entrar no lugar desta diversidade de termos. Então, utilizaremos similarmente a palavra “drone” para apontar todos os termos acima, porém similarmente se aplica a aviões ou helicópteros não tripulados. Independente do termo empregado, trata-se de um aeromodelo com rádio controle, ou aeromodelo de controle afastado.

Drone militar e quadricópteros contem conceitos e propósitos completamente distintos, com tecnologias completamente distintas. Até mesmo a vinculação dessa palavra drone aos aeromodelos tem uma acepção abstenção, especialmente por pleito dos EUA que matam civis usando seus drones militares. De no qual veio a palavra drone? A palavra drone significa zangão em britânico. A uso da palavra drone para apontar veículo abstrato sem administrador embarcado (ou veículo abstrato remotamente pilotado, também veículo abstrato não tripulado) é datada de bastante antes de surgirem os quadricópteros.

Então, claramente, o consumo dessa palavra para apontar os quadricópteros não possui impreterivelmente nada a analisar com o agitação das hélices que os ancas contem, como a conjunto de meios de comunicação nacional equivocadamente anuncia. Os primeiros aviões remotamente controlados foram usados para exercício na arma americana, foram os primeiros aeromodelos a serem construídos, lá na casa de 1930, já possuíam o nome alusivo à drone, como: DH.82 Queen Bee (Queen Bee = Abelha Imperatriz) de 1935, Airspeed AS.30 Queen Wasp (Queen Wasp = Vespa Imperatriz) de 1937 e o TDD-1 (Target Drone Denny 1), por isso a associação de todos os remotamente controlados com a palavra drone foi natural.

Como funciona?

Voltando ao nosso foco, o “drone” bicóptero, tricoptero, quadricóptero, hexacóptero ou octocóptero (2, 3, 4, 6, 8 hélices com respeito) contem como cérebro um microcontrolador (forma um computador em abreviatura, com processador, memória, portas de chegada e saída e evidente, um aplicativo rodando nele). Este computador lê as informações de diversos sensores (giroscópios e acelerômetro) para entender o nível de aclive que o drone está.

De acordo com essa informação, ele acelera (ou desacelera) cada propulsor individualmente para preservar o drone nivelado. Por isto a agilidade de pilotagem, visto que você conta com um forma de administrador automático o tempo todo corrigindo em centenas de vezes por de acordo com a estabilização do adejo. Os sensores extras como magnetômetro (bússola magnética) e GPS são usados no controle de navegação, já os sensores barômetro (altímetro) e sonar são usados para preservar a altitude. Os sensores principais usados são os mesmos usados em qualquer smartphone moderno. Melhor site de Drones

https://youtu.be/jHPWXK_9Dew

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *